segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O jeito é conversar

“No momento em que retirarmos o projeto do salário mínimo estadual, de autoria do governo, entrará outro de iniciativa popular respaldado por 50 mil assinaturas. O ideal é ouvir trabalhadores e empregados para tentar chegar a um consenso", ressaltou o presidente da Alesc, deputado Jorginho Mello (PSDB), durante reunião com empresários na Fiesc, na segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário