terça-feira, 27 de abril de 2010

Dário aposentado?

O prefeito de Florianópolis, Dário Berger (PMDB), admitiu pela primeira vez que pode abandonar a vida pública quando terminar o mandato, em 2012. Aproveitará esses anos fora do poder para refletir sobre seu futuro político em 2014, quando pode disputar o governo do Estado e até mesmo o Senado, embora admita não ter vocação para legislador. Até então, ele ainda não havia falado em deixar a vida pública. Mas parece que o resultado da prévia do PMDB ainda está entalado na garganta. “É uma vida de sacrifícios. Você tem de ser prefeito 24 horas e por conta disso já sofri problemas pessoais e familiares. Vou sair da política antes que o povo me tire”, disse ele, segunda-feira, durante a Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos, no Costão do Santinho, na Capital.

Balela ou não, Dário Berger já está preparando um possível sucessor e ele se chama vereador Gean Loureiro (PMDB). “Ele é preparado, conhece a cidade como poucos, é o vereador mais votado e hoje é o presidente da Câmara. Ele é renovação, assim como eu seria renovação se eu fosse governador”, destacou ele, que tem cerca de 20 anos de vida pública. A candidatura de Loureiro à Câmara dos Deputados seria o primeiro passo em sua apresentação como pré-candidato a prefeito.

Um comentário:

  1. não acredito! pra mim isso é história pra boi dormir.

    abraço

    ResponderExcluir